BELO HORIZONTE – A companhia americana adiou a entrega de 24 unidades do Airbus A350-900, que estava programado para entrega no próximo ano, reduzindo as despesas de capital em mais de US$ 1 bilhão entre o período de 2018 a 2020.

LEIA TAMBÉM: Vento Cruzado: Mito, Verdade e Técnica 

American e Airbus chegaram a um acordo, no qual a entrega do primeiro A350-900 da companhia, terá base em Dallas/Fort Worth, previsto em 2018. E todas as 22 unidades confirmadas que serão entregues em um diferido cronograma. As aeronaves serão entregues no final de 2020 a 2024, segundo a companhia, será feito um diferimento médio de dois anos por aeronave.

Esta é a segunda vez em menos de um ano que a American Airlines adia as entregas dos 22 A350-900, originalmente encomendados pela US Airways em 2007, no qual realizaram uma fusão em dezembro de 2013. Em julho de 2016, a American chegou a um acordo com a Airbus adiando a sua primeira entrega A350 na primavera de 2017, para o final de 2018. A American também chegou a um acordo com a Boeing para adiar a entrega de dois 787-9 do segundo trimestre de 2018 para o primeiro trimestre de 2019. As mudanças no cronograma de entrega reduzirão os gastos de capital planejados da companhia aérea em US $ 500 milhões em 2018 e em US $ 300 milhões em 2019 e 2020.

REDAÇÃO – AEROAGORA

- Anúncio -
RWY
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here