VITÓRIA – Novas restrições surgem para passageiros que viajarão a partir de 10 aeroportos localizados em oito países de maioria islâmica. A nova regra, que entrará em vigor na próxima terça-feira (28), diz que os passageiros com embarque nesses países com destino aos Estados Unidos não poderão transportar objetos, como laptops e smartphones, em sua bagagem de mão e que os mesmos só poderão ser despachados se estiverem dentro de suas malas despachadas.

LEIA TAMBÉM: Desaceleração acentuada está prevista nas encomendas da Boeing e da Airbus

Os passageiros ainda poderão transportar os objetos, desde que estejam devidamente embalados e registrados juntamente da sua bagagem despachada. A nova regra das bagagens para voos entre os Estados Unidos e oito países de maioria islâmica inclui aeroportos famosos como o de Istambul, Doha, Dubai e Qatar.

Funcionários sênior do governo americano disseram que as novas regras foram sugeridas pela Inteligência Americana, ao afirmar que terroristas continuam transportando explosivos e artigos perigosos dentro de dispositivos portáteis e isso pode pôr em risco a aviação comercial.

“Com base nessas informações, o secretário de Segurança Interna, John Kelly, e o administrador em exercício da Transportation Security Administration, Huban Gowadia, determinaram que é necessário melhorar os procedimentos de segurança dos passageiros em certos aeroportos de último ponto de partida para os Estados Unidos”, disseram autoridades na segunda-feira (20).

As autoridades federais inicialmente descreveram a proibição como indefinida. Mas o porta-voz do Departamento de Segurança Interna, David Lapan, disse que a diretriz vai até 14 de outubro e pode ser prorrogada por mais um ano “se a avaliação da ameaça continuar a mesma”.

Redação – Aeroagora

 

- Anúncio -
RWY
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here