Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

BELO HORIZONTE – A Boeing Company enviou um aviso aos funcionários das fábricas de jatos comerciais, alertando sobre demissões no mês de maio. Os trabalhadores nas fabricas do Estado de Washington foram informados pelo sindicato que a Boeing havia emitido um aviso exigido pelo governo federal de que as demissões involuntárias estavam programadas para maio.

LEIA TAMBÉM: Helicóptero cai em Araucária, deixando dois mortos e dois feridos.

A fabricante vem cortando pessoal para reduzir custos desde o início de 2016, principalmente por meio de aquisições e o desgaste de executivos, gerentes e pessoal de engenharia. Estas demissões serão a última rodada de cortes e afetaria menos de 500 funcionários.

Depois de anos de compra recorde, o ritmo das encomendas dos aviões wide-body da companhia, incluindo os 777 e 787 Dreamliners, desacelerou significativamente.

A Boeing está reduzindo a produção da linha 777. O exemplar é o seu jato mais rentável, com quase 60% do seu pico. A fabricante está ajustando seus empregados para compensar a perda de receita e está sob pressão para oferecer melhores preços às companhias aéreas, enquanto a promessa de Wall Street melhorou as margens de lucro.

Desde fevereiro de 2017, a Boeing tinha 148 mil trabalhadores. Metade de seus funcionários trabalham em sua unidade de aeronaves comerciais, onde foram feitas as ofertas de compra. A empresa já havia cortado a contagem de unidades do setor de jato em 9% no ano passado.

Redação – Aeroagora

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
- Anúncio -
RWY
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here