Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

RIO DE JANEIRO – O Governo da Austrália anunciou nesta terça-feira (17) que suspendeu oficialmente as buscas pelo Boeing 777-200ER da Malaysia Airlines (9M-MRO) que desapareceu dos radares no dia 14 de março de 2014 durante o voo MH370, de Kuala Lumpur (KUL), Malásia, para Pequim (PEK), China, com 239 pessoas a bordo.

LEIA TAMBÉMDelta Air Lines investe em programa de startup para impulsionar estratégia de inovação

O desaparecimento ocorreu enquanto a aeronave sobrevoava o Golfo da Tailândia, no Mar da China. Até aquele momento, a tripulação não havia relatado nenhum problema com o voo e o sistema digital ACARS (Aircraft Communications Addressing and Reporting System), usado para analisar o comportamento de um determinado voo, não enviou mensagem alguma, o que deveria acontecer em meio a uma falha.

Em 24 de março, o Governo da Malásia anunciou que o MH370 havia caído do Oceano Índico, sem deixar sobreviventes. “Apesar de todos os esforços usando a melhor ciência disponível, tecnologia de ponta, bem como modelagem e aconselhamento de profissionais altamente qualificados que são os melhores em seu campo, infelizmente, a pesquisa não foi capaz de localizar a aeronave.  Consequentemente, a pesquisa submarina para MH370 foi suspensa.”, diz o comunicado do governo australiano.

“A decisão de suspender a busca submarina não foi tomada com ânimo leve nem sem tristeza. É consistente com as decisões tomadas por nossos três países na reunião tripartite ministerial de julho de 2016, em Putrajaya, Malásia.  Embora os estudos científicos combinados tenham continuado a refinar áreas de probabilidade, até à data não foram descobertas novas informações para determinar a localização específica da aeronave.”

Redação – Aeroagora

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
- Anúncio -
RWY
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here