Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

(Atualizada às 16h15, horário de Brasília)

RIO DE JANEIRO – Um Tupolev Tu-154B2 (RA-85572), fabricado em 1983 e de propriedade do Ministério da Defesa da Rússia, caiu no Mar Negro após a decolagem de Sochi, no mesmo país, na madrugada deste domingo (25).

LEIA TAMBÉMAviação de carga mundial prevê crescimento anual de 3,2% até 2021

84 passageiros e oito tripulantes estavam a bordo, incluindo jornalistas e uma famosa banda militar, que participaria de uma festividade de ano novo. Não há sobreviventes. Seu destino era a Base Aérea de Khmeimim, na Síria. A decolagem havia ocorrido por volta da 0h20 (horário de Brasília). Não está descartada a hipótese de um suposto atentado terrorista, segundo o Ministro dos Transportes russo.

De acordo com equipes de emergência, a aeronave havia feito escala em Sochi para reabastecimento, depois de partir do Campo de Chkalovsky, perto de Moscou. O Tupolev desapareceu 20 minutos após a decolagem, enquanto estava sobre águas russas. De acordo com a rede britânica BBC, fragmentos do Tu-154 foram encontrados a 1,5 km da costa do Mar Negro, a uma profundidade de 50 a 70 metros. Informações essas confirmadas posteriormente pelo Ministério da Defesa Russo.

As investigações estão em andamento e foi decretado luto nacional para esta segunda-feira.

Redação – Aeroagora.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
- Anúncio -
RWY
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here