Aeronave da LATAM Brasil atingida por projétil volta a operar

0
Foto: Jean-Luc Altherr

RIO DE JANEIRO – O Boeing 767-300ER da LATAM Airlines Brasil que havia sido atingido por um disparo de um projétil de calibre 7.62 mm, voltou a operar nesta quinta-feira (2).

LEIA TAMBÉMUnited Airlines avalia investimento na Avianca Brasil

A aeronave de prefixo PT-MSY, fabricada em 2012 e em operação na companhia desde junho de 2013, estava em manutenção na companhia e por inspeção pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) e pela Polícia Federal desde o último dia 14 de janeiro, depois de um voo de Barcelona (BCN) para São Paulo (GRU).

No fim do último mês, em entrevista ao portal G1, o diretor do Centro de Manutenção da LATAM Airlines Brasil, Alexandre Peronti, afirmou que o projétil ficou alojado no slat esquerdo, peça que custa US$ 145 mil (aproximadamente R$ 451 mil). Na época, o gestor não soube informar se haveria a troca ou o conserto do equipamento e que isso dependeria do fabricante e da autoridade aeronáutica.

O PT-MSY foi a primeira aeronave que recebeu a pintura da LATAM e também foi a responsável por trazer a chama olímpica de Genebra (GVA) para o Brasil, como parte das preparações para os jogos Rio 2016. O Boeing decolou às 08h05 do Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU) para o Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi (ASU), em Assunção, Paraguai, no voo JJ9617.

Redação – Aeroagora

RWY
Compartilhar
Estudante de Administração na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Técnico em Telecomunicações desde 2002 e profissional de comunicação, especialmente de rádio, desde 2006.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here