Tripulação de chineses socorre família após acidente na Tailândia

0
Foto: Wong Chi Lam.

RIO DE JANEIRO – Uma família chinesa composta por avó, mãe e três crianças pequenas estavam passando férias em um hotel em Phuket, na Tailândia, e na noite do último dia 28 de dezembro a avó estava carregando seu neto de dois anos e uma garrafa, quando ela escorregou e caiu. A garrafa quebrou atingindo a criança que recebeu um corte profundo no dedo indicador de sua mão esquerda.

LEIA TAMBÉMRolls-Royce: o futuro do voo é elétrico

A mãe e avó, falando chinês, não conseguiram ser compreendidos pelo pessoal do hotel enquanto procuravam por assistência médica, então a avó correu para a sala de jantar para encontrar ajuda com alguém que falasse inglês.

A tripulação de um Boeing 737-800 da Shenzhen Airlines, programada para partir às 02h20 da manhã seguinte e vestidos a paisana, acabavam de terminar o jantar quando observaram a mulher entrando no local e pedindo ajuda, por volta das 19h. Eles traduziram para a recepção do hotel o que tinha acontecido e foram com as mulheres e funcionários do hotel com kits médicos para o quarto, onde o menino recebeu os primeiros socorros. Parecia que ele não conseguia sentir o dedo.

Os pilotos decidiram levar a família para o hospital, cerca de uma hora após o acidente, onde os médicos forneceram o primeiro diagnóstico, indicando que o corte também tinha danificado os nervos. Uma cirurgia era necessária, no entanto, o hospital não tinha recursos para realizar tal cirurgia.

Após o diagnóstico, às 23h, os pilotos decidiram levar a família no voo para Shenzhen, China. A equipe da companhia aérea preparou os bilhetes e os cartões de embarque que haviam reservado para os voos originais, enquanto a equipe do hotel preparou as malas e levou todos para o aeroporto. A tripulação vestiu seus uniformes e partiu no voo ZH9016, um Boeing 737-800 de registro B-5671, chegando no horário em Shenzhen, às 6h45 (hora local).

A família foi levada às pressas para um hospital local, onde o menino foi submetido à cirurgia. No domingo (1), uma carta de quatro páginas escrita “Obrigado” pela avó, enviada para a companhia aérea, fez o evento conhecido, indicando que o menino está encaminhando para a recuperação total. Após a cirurgia bem-sucedida em Shenzhen, que durou duas horas, a família voltou para casa em Chengdu no dia 31 e imediatamente enviou essa carta, indicando que eles eram não tinham como expressar a gratidão pela ajuda recebida em palavras e ainda tentou expressar uma forma de dizer “obrigado a vocês”.

 

Redação – Aeroagora

RWY
Compartilhar
Estudante de Administração na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Técnico em Telecomunicações desde 2002 e profissional de comunicação, especialmente de rádio, desde 2006.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here