Pakistan International Airlines sacrifica cabra para evitar queda de aviões

0
Foto: A.Mahgoli

VITÓRIA – A companhia aérea paquistanesa, Pakistan International Airlines, está sendo fortemente criticada após pedir o sacrifício de uma cabra negra próximo a um de seus aviões.

LEIA TAMBÉM: Emirates inicia voo diário entre Dubai e Fort Lauderdale

O ritual de sacrificar cabras é comum no Paquistão, e tal fato ocorreu devido a queda recente de um ATR-42 da companhia. Críticas fortes foram feitas alegando que a PIA deveria investir em mecânicos com melhor formação e melhores estratégias de manutenção, não sacrificando animais inocentes. O ato foi fortemente apoiado pelos paquistaneses mais crentes.

A administração da companhia alegou através de nota que o sacrifício da cabra foi feito pelos funcionários por sua própria iniciativa e que a administração da empresa não participou do tal acontecimento.

“Quando Charles Perrow estava trabalhando na teoria dos Acidentes Normais, ele se esqueceu totalmente das cabras como um seguro contra acidentes”, escreveu o jornalista paquistanês Ejaz Haider no Twitter. “PIA, cabras não mantêm aviões no ar e a voar. Eficiência faz isso. Acidentes ainda acontecem, é o perigo de tecnologias de alto risco”, continuou o jornalista.

A aeronave que caiu era um ATR 42-500, prefixo AP-BHO, que estava realizando o voo PK661 entre o aeroporto de Chitral e o aeroporto internacional Islamabad-Benzair Bhutto. O avião tinha nove anos e sete meses de uso voando somente pela PIA. 47 pessoas entre passageiros e tripulantes morreram nesse acidente.

Redação – Aeroagora

RWY

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here