Após acidentes, TransAsia encerra suas atividades

0
Foto: ECHO.

RIO DE JANEIRO – A companhia aérea taiwanesa TransAsia anunciou o encerramento de suas atividades nesta terça-feira (22), após dois acidentes fatais e posteriores perdas financeiras significativas. A empresa possuía rotas para a China, Japão e o Sudeste da Ásia.

LEIA TAMBÉMAirbus irá transmitir primeiro voo do A350-1000 ao vivo

Em nota, a TransAsia informou que não estava conseguindo levantar receitas e recuperar suas finanças. Todos os voos já haviam sido suspensos desde a segunda-feira. No início do ano, autoridades aeroportuárias haviam feito alertas para avaliar os protocolos de segurança e o treinamento dos pilotos, a fim de evitar um “risco iminente”.

Estas recomendações partiram do Conselho de Segurança de Taiwan, resultado do inquérito que apura as causas de um acidente que aconteceu em julho de 2014, quando o voo 222 caiu perto do Aeroporto de Magong, na Ilha de Penghu, deixando 48 mortos e 10 sobreviventes. Sete meses depois, 43 pessoas morreram quando uma aeronave da companhia aérea perdeu o controle, se chocou em uma ponte e caiu em um rio de Taipé.

“Fechar a companhia aérea é uma escolha muito dolorosa”, disse Daniel Liu, Presidente da TransAsia. A companhia anunciou que irá ressarcir os passageiros que haviam comprado passagens para futuros voos. Os 1.700 funcionários estão com seus destinos incertos.

Redação – Aeroagora.

RWY
Compartilhar
Estudante de Administração na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Técnico em Telecomunicações desde 2002 e profissional de comunicação, especialmente de rádio, desde 2006.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here