Embraer é investigada por suposta corrupção na venda de aviões em Moçambique

0
Foto: David Restrick.

RIO DE JANEIRO – O Ministro dos Transportes e de Comunicação de Moçambique, Carlos Mesquita, disse na última sexta-feira (07) que o Governo do país irá apurar a procedência das informações sobre um suposto pagamento de suborno na venda de aeronaves da Embraer para a LAM (Linhas Aéreas de Moçambique).

LEIA TAMBÉMConheca o helicóptero Sikorsky 300 CBi

Banner 300x250

“O Governo poderá, sem dúvida, aferir os valores das comissões, através dos relatórios dos processos de aquisição das aeronaves e ver exatamente qual é a veracidade que existe nessa informação”, disse Mesquita em entrevista. As autoridades moçambicanas já estão investigando o caso.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos investiga irregularidades cometidas pela Embraer desde 2010, quando foram descobertos pagamentos criminosos na venda de aviões militares para a República Dominicana. O caso de Moçambique seria um desdobramento deste caso. Em nota a empresa disse que “expandiu voluntariamente o escopo da investigação, reportando sistematicamente a evolução do caso ao mercado, e recentemente informou que está negociando acordo com autoridades americanas”

A LAM tem o Governo local como principal controladora, com 80% das ações.

Redação – Aeroagora.

RWY
Compartilhar
Estudante de Administração na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Técnico em Telecomunicações desde 2002 e profissional de comunicação, especialmente de rádio, desde 2006.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here